Você está em: Home, Noticias

Notícias

09
NOV
Preço do café robusta sobe pelo quinto mês seguido

Globo Rural

A baixa produção nacional do café robusta, devido o clima seco e quente dos últimos meses no Espírito Santo e Rondônia; e também a menor exportação do Vietnã, têm elevado pelo quinto mês seguido as cotações do fruto. As informações são do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), divulgadas nesta quinta-feira (5/11).

"De junho até o final de outubro, o aumento chega a quase 85 reais/saca de 60 kg, passando de R$ 290 para R$ 374 – considerando-se o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta do tipo 6 peneira 13 acima (a retirar no Espírito Santo)", explica a instituição.

Em outubro, a saca foi cotada na média de R$ 363,94, alta de 6,8% em comparação a setembro de 2015 e a maior nominal da série histórica, iniciada em 2001. Em termos reais (valores deflacionados pelo IGP-DI de setembro de 2015), a média do mês passado foi a maior desde janeiro de 2012 (R$ 379,82/sc, valor real).

Mas mesmo com a alta expressiva dos preços, a liquidez doméstica segue baixa, o que faz com que muitos cafeicultores ainda aguardem novas altas.

Veja notícias

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa