Você está em: Home, Noticias

Notícias

20
AGO
Área cultivada com milho da Argentina cairá 20%, diz bolsa

Reuters

A área semeada com milho na Argentina cairá 20 por cento na temporada 2015/16, a 2,72 milhões de hectares, devido aos baixos preços do cereal e seus altos custos de produção, disse na quarta-feira a Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

A Argentina é o quarto exportador mundial de milho e seus produtores ainda estão colhendo os últimos lotes de grãos da safra 2014/15, cujo volume de safra a bolsa estima em 26 milhões de toneladas, após semear uma área de 3,4 milhões de hectares.

No último ano, os valores internacionais do milho sofreram uma queda acentuada, enquanto uma das taxas de inflação mais altas do mundo e uma moeda local supervalorizada incrementam os gastos dos produtores argentinos, segundo analistas econômicos.

"Entre os custos mais importantes se destacam a compra de insumos, principalmente sementes e fertilizantes, arrendamentos e, em particular, o valor dos fretes em regiões distantes dos portos", segundo o relatório da bolsa de cereais.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta