Você está em: Home, Noticias

Notícias

28
MAI
Lagarta do cartucho é praga que mais afetou lavouras de milho em MT

G1 MT

A praga que mais atingiu as lavouras de milho na safra 2014/15 em Mato Grosso foi a lagarta do cartucho, atacando 76,6% das áreas de cultivo. A constatação foi feita por técnicos da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) durante as visitas a lavouras do Estado por meio do Circuito Tecnológico - Etapa Milho. A expedição levantou dados sobre a safra do grão.

As equipes observaram que a segunda praga mais presente no campo foi o percevejo barriga verde, que atingiu 52,3% das áreas visitadas. Segundo os técnicos, para controlar as pragas observadas, 67% dos agricultores afirmaram ter feito no máximo uma aplicação de inseticida recomendado para a cultura do milho semeado com a tecnologia transgênica Bt. Deste total, 31,4% não fizeram nenhuma aplicação do defensivo.

De acordo com os dados levantados, mais de 80% dos produtores rurais adotaram área de refúgio, que é uma faixa de lavoura plantada sem a transgenia para evitar resistência de pragas à tecnologia.
“Os produtores precisam seguir as orientações para evitar que as tecnologias dos cultivares Bt tenham quebra de resistência e consigam barrar essas pragas. É importante fazer a rotação de cultivares dos vários tipos de tecnologia Bt, adotando a área de refúgio, por exemplo”, destacou Rafael Pitta, especialista em controle de pragas da Embrapa.

O Circuito Tecnológico - Etapa Milho é um evento realizado pela Aprosoja em parceria com a Embrapa.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta