Você está em: Home, Noticias

Notícias

11
MAR
Soja é alternativa para recuperação de pastagens aos produtores de RO

G1

Os produtores rurais de Rondônia apostam em uma nova alternativa para a recuperação de pastagens por meio do plantio de soja. De acordo com o pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Vicente Godinho, estima-se que 70% das áreas de pastagem do estado estão com algum grau de degradação, e a soja ajuda na recuperação destes solos, no sistema de integração lavoura-pecuária (iLP).

O desenvolvimento adequado da lavoura de soja faz com que agregue mais valor ao solo, além de reinserir as áreas degradadas ao sistema produtivo, reduzindo a pressão sobre a floresta. O uso de grão, como a soja, ainda traz grande benefício para a atividade pecuária, pois o manejo adotado para esta cultura recupera o solo para uma pastagem com maior capacidade de suporte de animais por área, o que torna a soja atrativa para o estado.

A integração lavoura-pecuária pode proporcionar uma série de benefícios, como a diversificação na produção da propriedade; redução no custo de formação das pastagens pela melhoria das condições do solo, e renda com as culturas anuais; diminuição do risco de perda de renda do produtor, pois sua produtividade aumenta e não fica dependente de somente um produto; maior conservação do solo e, consequentemente, redução de perdas com erosão e menor impacto ambiental; melhor aproveitamento da propriedade rural.

Receita

A soja é o produto agrícola que mais gera receita para o estado. Segundo dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de dezembro de 2014, a soja gera uma receita de R$ 601 milhões. Além disso, a cultura da soja está se expandindo a cada ano em Rondônia, sendo cultivada em 26 dos 52 municípios do estado e ocupa uma área de aproximadamente 240 mil hectares.

Segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) 2015, houve um aumento de 20% na área plantada na safra 2014/15, sendo o estado com a maior expansão percentual de área de soja no país. Além disso, a soja em Rondônia possui produtividade média de 3.180 quilos por hectare (Safra 2013/14 - Conab, 2015), superior à média nacional que é de 2.854 quilos por hectare.

Veja notícias

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa