Você está em: Home, Noticias

Notícias

21
MAI
Soja: Preços registram recorde no Porto de Paranaguá na última sexta-feira

Na semana passada, a soja registrou um preço recorde no Porto de Paranguá, com o maior valor nominal de toda a série analisada pelo indicador Cepea/Esalq, que teve início em 2006. A oleaginosa bateu os R$ 65,11 por saca na última sexta-feira (18).

A alta dos preços é justificada pela quebra da safra na América do Sul aliada a firme e aquecidade demanda internacional. As expectativas sobre a nova safra dos Estados Unidos completam o quadro altista para a commodity.

"O mercado está muito apreensivo quanto à real disponibilidade de produto para os próximos meses, com dúvidas sobre a safra do hemisfério norte. O mercado chinês está com apetite, com compras no mercado físico no Brasil e no mercado futuro nos Estados Unidos. O mercado de carnes no Brasil e no mundo está em ritmo bom, o que significa demanda por farelo de soja," disse Lucílio Alves, pesquisador do Cepea à Reuters.

Ainda de acordo com a agência de notícias, o pesquisador afirma que os patamares atuais da soja no Brasil não fazem frente aos preços registrados no Paraná em março de 2004, de R$ 51,81 reais - se fosse aplicada a correção da inflação para o valor daquele ano, uma saca do grão estaria valendo hoje R$ 81,16.

Em 2004, o principal fator de alta dos preços foi a entrada da China realizando grandes compras de soja, pegando o mercado e os fornecedores de surpresa.

Com informações da Reuters.

Fonte: Notícias Agrícolas // Carla Mendes 

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta