Você está em: Home, Noticias

Notícias

19
MAI
Café: Acumulado da semana tem leve alta

Tivemos uma semana melhor para o mercado de café. A acentuada alta do dólar frente ao real e o comportamento das cotações do café na ICE Futures US em Nova Iorque - que pouco oscilaram esta semana e fecham o período acumulando uma pequena alta - levaram os compradores a melhorarem suas ofertas em reais, estimulando o fechamento de negócios.

A decisão de vários fundos de saírem da posição vendida nas bolsas de café de Londres e Nova Iorque levou estas bolsas, principalmente a londrina, a trabalharem no “azul” em uma semana desastrosa para os mercados ao redor do mundo. O agravamento da crise na zona do euro com as incertezas do quadro político na Grécia e a divulgação de números ainda piores na Espanha, derrubou com força as bolsas de commodities e de valores de muitos países.

A acentuada baixa das cotações do café nos últimos meses e a aproximação dos meses de inverno no Brasil instigaram muitos operadores a recomprar suas posições vendidas nas bolsas de café, sustentando e elevando os preços em uma semana negativa para os demais mercados.

As intensas chuvas que caíram sobre as principais regiões produtoras de café do sudeste brasileiro retardaram o início da colheita do arábica. É grande o número de cafeicultores que só agora começam os trabalhos de colheita. Levará algum tempo para termos uma informação precisa sobre o tamanho da quebra no benefício da nova safra. Agrônomos de diversas regiões produtoras dão como certa a quebra. Só não conseguem quantificar as perdas.

A "Green Coffee Association" divulgou que os estoques americanos de café verde totalizaram 4.521.337 em 30 de abril de 2012. Uma alta de 149.250 sacas em relação às 4.372.087 sacas existentes em 31 de março de 2012.

Até o dia 17, os embarques estavam em 614.235 sacas de café arábica e 11.247 sacas de café conillon, somando 625.482 sacas de café verde, mais 50.519 sacas de café solúvel, contra 738.316 sacas no mesmo dia de abril. Até o dia 17, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em maio totalizavam 1.293.943 sacas, contra 1.103.886 sacas no mesmo dia do mês anterior.

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 11, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 18, subiu nos contratos para entrega em julho próximo, 200 pontos ou US$ 3,50 (R$ 7,07) por saca. Em reais por saca, as cotações para entrega em julho próximo na ICE fecharam no dia 11 a R$ 457,42/saca e hoje, dia 18, a R$ 481,31/saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em julho, a bolsa de Nova Iorque fechou com baixa de 95 pontos.

Fonte: Escritório Carvalhaes 

Veja notícias

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa

07
JAN

Soja: cuidados na fase de florescimento podem incrementar colheita em 30%

26
NOV

Safras eleva previsão de produção de soja 18/19 do Brasil a recorde de 122,2 mi t