Você está em: Home, Noticias

Notícias

30
DEZ
Produtor de milho deve investir em tecnologia

O Correio

A instabilidade dos preços no mercado e as oscilações no clima preocupam os produtores de milho, que estão cautelosos quanto à área a ser plantada na segunda safra. O custo de produção ficou em R$ 20 por saca, mas o valor de venda não passou de R$ 17 reais e o produtor teve um prejuízo de R$ 40 mil.

A rentabilidade dos produtores de milho deve ser de R$ 16 por hectare nesta próxima safra 2014/2015, mas nas lavouras que utilizam alta tecnologia, esse cálculo sobe para R$ R$ 774 por hectare, comprovando a importância dos investimentos em tecnologia, garantindo maior produtividade nas lavouras, possibilitando dessa forma, maior competitividade no campo.

Para os próximos meses, a tendência é de preços baixos em função da safra positiva da América do Sul, e mesmo com o aumento das exportações do grão nas últimas semanas, por conta da valorização do dólar, os estoques brasileiros devem permanecer 46% acima do observado em 2013 e 2014. Com a instabilidade dos preços no mercado e a expectativa de safra cheia, o produtor não deve apostar na estocagem do grão, esperando aumento nos preços. O cenário mostra que o produtor deve comercializar parte da produção agora.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta