Você está em: Home, Noticias

Notícias

28
NOV
Cafés certificados do Brasil conquistam mercado interno e externo

Portal Brasil

A certificação de cafés sustentáveis é uma das exigências do mercado consumidor interno e externo. Assim, o setor produtivo brasileiro, atento a essa demanda de consumidores dispostos a pagar mais por um café diferenciado, tem adotado, cada vez mais, boas práticas agrícolas e de gestão na sua atividade.

São vários os programas de certificação em andamento no Brasil e cada um deles possui normas ou códigos de conduta que visam atender requisitos específicos e exigências de empresas e consumidores de todo mundo.

Em geral, são realizadas por meio de treinamentos de auditores, responsáveis técnicos e produtores, o que garante que o café é produzido em conformidade com os requisitos especificados em cada uma das normas pré-estabelecidas pelas entidades certificadoras.

Para explicar o que é certificação de café, o crescimento desse mercado consumidor e assuntos correlacionados, a Embrapa Café entrevistou o pesquisador Sérgio Parreiras Pereira, do Instituto Agronômico (IAC), instituição participante do Consórcio Pesquisa Café. Parreiras possui graduação em Agronomia pela Universidade José do Rosário Vellano (1997), mestrado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras - Ufla (2004) e doutorado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras - Ufla (2013).

Para o pesquisador, "o Brasil é o maior produtor e fornecedor de cafés certificados do mundo. Ao longo dos últimos anos os cafeicultores brasileiros têm adequado suas propriedades às diferentes normas e códigos de conduta vigentes. A demanda por cafés sustentáveis é crescente e o Brasil deve estar atento à manutenção e ampliação dessa liderança no mercado internacional".

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta