Você está em: Home, Noticias

Notícias

29
SET
Produtor investe em irrigação para ter milho o ano inteiro

G1 MT

Um produtor de Sinop , Norte de Mato Grosso, decidiu investir na irrigação para ter produção diária de milho. Apesar dos custos, o agricultor diz estar contente com os resultados.

Ao todo, são 40 hectares plantados na propriedade de Enio Pasuch. A área é divida em oito talhões, onde cada uma recebe uma porção de chuva artificial a cada cinco dias.

"Mexíamos com outras áreas de verduras, com vaca de leite e em 2001 iniciamos pequeno, com um hectare e meio e foram os clientes aparecendo, descobrindo que produzíamos essa forma de milho verde. Foi ampliando e chegou a área de hoje".

Responsável pelo projeto, o engenheiro agrícola Alan Rodrigues conta que o sistema de aspersão é diferente do que normalmente é utilizado em pastagens.

"O comprimento dele é de 164 metros, em torno de 75 difusores que estão aspergindo água em toda área irrigada. O painel automatizou o sistema. No pivô a adição de água é feita pelos hidrantes que estão conectados com o rio", descreve.

Assim como a irrigação, o plantio do milho também é rotativo e, por isso, há plantas em vários estágios de crescimento, permitindo ao agricultor manter uma colheita contínua.

"Fazemos dois plantios na semana, por isso o custo se torna alto. Fazemos em torno de 110 a 120 plantios no ano e por isso temos essa escala de tamanho de milho", conta o agricultor.

A colheita precisa ser manual. Enio comercializa as espigas e são 60 por saca. "Se comparar com o milho seco você agrega um valor em cima".

O milho produzido no sítio atende as demandas do mercado interno, como empresas do segmento de alimentação, supermercados, entre outras.

Veja notícias

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa

07
JAN

Soja: cuidados na fase de florescimento podem incrementar colheita em 30%