Você está em: Home, Noticias

Notícias

29
SET
Produtor investe em irrigação para ter milho o ano inteiro

G1 MT

Um produtor de Sinop , Norte de Mato Grosso, decidiu investir na irrigação para ter produção diária de milho. Apesar dos custos, o agricultor diz estar contente com os resultados.

Ao todo, são 40 hectares plantados na propriedade de Enio Pasuch. A área é divida em oito talhões, onde cada uma recebe uma porção de chuva artificial a cada cinco dias.

"Mexíamos com outras áreas de verduras, com vaca de leite e em 2001 iniciamos pequeno, com um hectare e meio e foram os clientes aparecendo, descobrindo que produzíamos essa forma de milho verde. Foi ampliando e chegou a área de hoje".

Responsável pelo projeto, o engenheiro agrícola Alan Rodrigues conta que o sistema de aspersão é diferente do que normalmente é utilizado em pastagens.

"O comprimento dele é de 164 metros, em torno de 75 difusores que estão aspergindo água em toda área irrigada. O painel automatizou o sistema. No pivô a adição de água é feita pelos hidrantes que estão conectados com o rio", descreve.

Assim como a irrigação, o plantio do milho também é rotativo e, por isso, há plantas em vários estágios de crescimento, permitindo ao agricultor manter uma colheita contínua.

"Fazemos dois plantios na semana, por isso o custo se torna alto. Fazemos em torno de 110 a 120 plantios no ano e por isso temos essa escala de tamanho de milho", conta o agricultor.

A colheita precisa ser manual. Enio comercializa as espigas e são 60 por saca. "Se comparar com o milho seco você agrega um valor em cima".

O milho produzido no sítio atende as demandas do mercado interno, como empresas do segmento de alimentação, supermercados, entre outras.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta