Você está em: Home, Noticias

Notícias

11
JUN
Café: exportações cresceram 13,4% em maio

Globo Rural

O volume das exportações de café do Brasil no mês de maio cresceu 13,4% em comparação com o mesmo mês do ano passado, de acorco com o Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil). No período, foram embarcados 2,92 milhões sacas do grão verde, torrado e moído e solúvel. Em maio de 2013 o volume foi de 2,57 milhões. Já a receita cresceu 19,5% na mesma base de comparação, atingindo US$ 539.515 milhões de dólares, segundo o Cecafé.

"O volume exportado mostra um bom desempenho para a comercialização externa do café brasileiro porque este é um mês que conhecidamente apresenta um resultado menor neste sentido, por estar muito próximo ao final do ano-safra", disse o diretor-geral do conselho, Guilherme Braga, destacando que o ano calendário de 2014 deve fechar com algo em torno de 33 milhões de sacas embarcadas.

Balanço

De acordo com o levantamento do Cecafé, a variedade arábica respondeu por 84,8% das vendas do país entre janeiro a maio, enquanto o solúvel por 9,5% e o robusta por 5,6% das exportações. Cafés diferenciados (arábica e conillon) tiveram participação de 24,1% nas exportações em volume e de 32,5% na receita cambial.

Até maio deste ano, a Europa foi o principal mercado importador de café do Brasil, com 54% do total embarcado, enquanto América do Norte adquiriu 25% do total de sacas exportadas. A Ásia ficou com 16%, a América do Sul com 3%, a África com 1% e Oceania também com 1%.

As exportações brasileiras para os chamados Países Importadores Emergentes cresceram 27,3% no período. O Brasl também registrou crescimento 9,3% nas exportações para os Países Importadores Tradicionais, considerando a mesma base comparativa. Houve também crescimento de 87,9% de exportações brasileiras para países produtores.

Estados Unidos, Alemanha, Itália, Bélgica e Japão seguem como os principais destinos do café Brasileiro. O porto de Santos, com 76,6%, segue como o principal polo de embarque do café brasileiro, seguido pelos portos do Rio de Janeiro, com 18,3% do total, e de Vitória, com 2,3%, de acordo com o Cecafé. 

Veja notícias

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa