Você está em: Home, Noticias

Notícias

12
MAI
Agronegócio somou US$ 9,62 bilhões em exportações em abril

Globo Rural

As exportações brasileiras do agronegócio em abril somaram US$ 9,62 bilhões, leve recuo de 0,03% ante os US$ 9,65 bilhões exportados no mesmo mês de 2013. Já as importações cresceram 0,9%, totalizando 1,45 bilhão. Com isso, o superávit diminuiu 0,5% no período, para US$ 8,17 bilhões. O complexo soja puxou as exportações no mês passado, com embarques de 9,7 milhões de toneladas, aumento de 13,8% ante abril de 2013. A receita somou US$ 4,95 bilhões, aumento de 9,4%.

Em grão, foram exportadas no mês passado 8,25 milhões de toneladas de soja, volume recorde para o mês, e 15,3% superior a abril de 2013. A receita foi de US$ 4,14 bilhões (+8,9%). As exportações de farelo de soja geraram uma receita de US$ 709 milhões (+17,4%), com embarque de 1,33 milhão de toneladas (+5,9%), e as vendas de óleo de soja atingiram a marca de US$ 110 milhões (-12,0%), com 124 mil toneladas negociadas (+5,8%).

Depois da oleaginosa, vieram as carnes, com US$ 1,41 bilhão (-6,0%) em exportações e 541 mil toneladas comercializadas (+2,3%). O preço médio do produto exportado caiu 8,2%. As exportações de carne de frango somaram US$ 694 milhões (-9,8%), com o embarque de 352 mil toneladas (+3,7%) e preço médio de US$ 1.972 por tonelada (-13,0%). Já as exportações de carne bovina geraram US$ 534 milhões em receita no mês de abril (-3,0%), com a comercialização de 118 mil toneladas (-3,8%) e crescimento de 0,9% no preço médio do produto (US$ 4.521 por tonelada). As vendas de carne suína somaram US$ 118 milhões (+20,0%).

Acumulado

Entre janeiro e abril as exportações do agronegócio brasileiro somaram US$ 29,85 bilhões, queda de 1,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. As importações recuaram 0,2%, para US$ 5,71 bilhões, o que gerou um superávit de US$ 24,14 bilhões, queda de 1,47%.

"Os produtos de origem animal foram os que mais contribuíram para o crescimento das vendas externas do agronegócio no período (+US$ 235,86 milhões). Entre os setores, destaca-se o crescimento das exportações do complexo soja (+US$ 2,7 bilhões), couros e seus produtos (+US$ 193,09 milhões), produtos florestais (+US$ 151,4 milhões) e animais vivos (+US$ 106,52 milhões)", diz o Ministério.

No que se refere ao valor exportado, o complexo soja foi o destaque, com vendas externas de US$ 10,86 bilhões (+32,6%). A soja em grãos foi responsável por 80% desse montante, com a cifra de US$ 8,69 bilhões.

Veja notícias

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa