Você está em: Home, Noticias

Notícias

24
MAR
Calor e estiagem forçam a maturação precoce do café no sul de Minas

Globo Rural

A estiagem e o calor forte provocaram uma situação incomum em boa parte das lavouras de café do sul de Minas Gerais. Os grãos amadureceram antes da hora e a colheita vai ter que ser antecipada.

Na fazenda de Manoel da Costa, no município de Boa Esperança, os frutos estão amarelados, quase maduros. Uma situação que surpreendeu o agricultor.

A previsão era começar a colheita somente no fim de maio, mas para não correr o risco de perder qualidade por causa do estágio avançado de maturação, ele resolveu antecipar.

O amadurecimento precoce é uma realidade na região e ocorre por causa da falta de chuva.

A maturação antecipada compromete a qualidade e principalmente o rendimento dos grãos. Em outra fazenda que fica no município de Santana da Vargem, o produtor resolveu antes da hora começar a colheita dos grãos maduros.

Geraldo trabalha com café há mais de 40 anos e conta que aparentemente o café está bom e bonito, mas isso é só aparência mesmo.

Apesar do aspecto, os grãos não desenvolveram e estão murchos. Quando o agricultor levou o café para o terreiro, descascou, secou e beneficiou, veio a decepção.

“Em 60 litros de café beneficiados, não tem nenhum grão de café perfeito. O normal seria em torno de 10 medidas para dar um saco de café com boa qualidade, mas eu estou gastando 30 medidas”, diz o agricultor Antônio Lúcio Santos.

Veja notícias

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa