Você está em: Home, Noticias

Notícias

31
JAN
CMN ajusta normas do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira

Estadão Conteúdo

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu nesta quinta-feira (30/1), ajustar normas para financiamentos amparados em recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). O Banco Central informou que o CMN elevou de R$ 50 milhões para R$ 100 milhões o limite de crédito para cooperativas ao amparo da linha de Financiamento para Aquisição de Café (FAC) e ampliou o período de contratação do FAC e do financiamento de capital de giro para a indústria de torrefação de café solúvel.

De acordo com o Banco Central, a mudança foi feita "com vistas a ajustar a redação de alguns dispositivos e, principalmente, incentivar a comercialização de café em 2014".

Inovoagro

O CMN também decidiu fazer ajustes no Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro). As alterações visam, segundo o BC, facilitar a operacionalização e dar mais visibilidade ao programa, na medida em que especifica os itens passíveis de financiamento inerentes aos Sistemas de Produção Integrada Agropecuária PI-Brasil e Bem-Estar Animal, e aos Programas Alimento Seguro das diversas cadeias produtivas e Boas Práticas Agropecuárias da Bovinocultura de Corte e Leite.

O programa em questão, de acordo com o Banco Central, serve para alavancar investimentos em tecnologias diferenciadas na propriedade rural, propiciando melhorias na qualidade da produção e aumento da produtividade no setor agropecuário.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta