Você está em: Home, Noticias

Notícias

30
JUL
Safra de soja 13/14 do Brasil pode crescer 9%

EXAME

A safra de soja 2013/14 do Brasil, cujo plantio começa em setembro, pode crescer 9 por cento ante 2012/13, em condições climáticas normais, para um recorde de 89,1 milhões de toneladas, afirmou nesta segunda-feira a consultoria AgRural.

A AgRural afirmou em seu primeiro relatório sobre a nova safra que os primeiros indicadores mostram que a área de soja vai crescer 6 por cento, para 29,5 milhões de hectares na próxima temporada.

AgRural disse que o fortalecimento do dólar dos EUA em relação ao real até agora este ano tem compensado a queda nos preços da soja, mantendo o cultivo da cultura economicamente atraente para os agricultores no segundo maior produtor global da oleaginosa.

Em condições climáticas normais, o Brasil ficaria atrás dos Estados Unidos na produção de soja em 13/14, que é estimada em mais de 90 milhões de toneladas.

A maior expansão de área em termos absolutos ocorrerá em Mato Grosso, maior Estado produtor de soja do Brasil, com um aumento de 592 mil hectares.

O Estado, que já planta 7,8 milhões de hectares com soja, tem grandes áreas de pastagens degradadas que estão sendo convertidas em terras agrícolas.

Expansão no plantio de soja também ocorrerá nos Estados de grãos do Sul, como o Paraná, onde os produtores vão trocar uma parte maior do plantio de milho no verão por soja.

A área de milho da safra verão deve cair em 13 por cento, a 6,89 milhão de hectares, disse a consultoria.

Na semana passada, outra consultoria agrícola, a Safras & Mercado, lançou sua primeira previsão da nova safra de soja, estimando uma produção de 88,17 milhões de toneladas, um aumento de 7 por cento ante a produção deste ano.

Veja notícias

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa

07
JAN

Soja: cuidados na fase de florescimento podem incrementar colheita em 30%

26
NOV

Safras eleva previsão de produção de soja 18/19 do Brasil a recorde de 122,2 mi t