Você está em: Home, Noticias

Notícias

30
ABR
Clima facilita a colheita de feijão em propriedades do Alto Paranaíba

 

A estiagem registrada até a metade do mês de abril deste ano facilitou o início da colheita da segunda safra do feijão em algumas propriedades rurais do Alto Paranaíba.
 
Na fazenda do agricultor José Ricardo Stábili, em Patos de Minas, embora a produtividade não tenha sido a esperada, ele está satisfeito com a qualidade. “É um feijão que está graúdo, mercado exige um feijão de grão maior,pra dar uma peneira boa, não tá na expectativa de produtivida, mas tá na expectativa de qualidade”, disse o produtor
 
Ronaldo Bibiano, também de Patos de Minas, está com a colheita bem adiantada. O bom preço do feijão no mercado, é o motivo da alegria do agricultor. Ele já negociou toda a safra. “O custo da segunda safra é mais caro, então a gente tem uma lucratividade melhor nesse segunda safra. O valor que vendi me deixou muito feliz”, disse.
 
E foi justamente por conta da alta no preço do feijão que Ronaldo aumentou a área plantada da segunda safra este ano. Passou de 50 para 64 hectares e, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) esse aumento é tendência confirmada em todo estado. Em Minas, a área plantada aumentou 10%, em relação a mesma safra do ano passado. Passou de 137 mil hectares para 152 mil hectares.
 
A colheita nos 400 hectares do agricultor Edvaldo Rosa está no começo. Agora, por causa do clima, ele está esperançoso com os resultados que deve conseguir. “O clima agora está muito apropriado pra gente fazer uma boa colheita. A gente tem como arrancar o feijão e aguardar ele, virar ele pra gente, ter uma boa qualidade, igual a gente vê, tá num ponto bom.
 
Fonte: G1 Triângulo Mineiro

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta