Você está em: Home, Noticias

Notícias

14
JUN
Safras eleva previsão de colheita de café 13/14 a 52,9 mi sacas

Roberto Samora
Reuters

O Brasil colherá 52,9 milhões de sacas de 60 kg de café na temporada 2013/14, estimou a consultoria Safras & Mercado em relatório divulgado nesta quinta-feira.

A estimativa veio acima da previsão anterior da Safras, que apontava um intervalo de 49,1 milhões a 52,3 milhões de sacas.

"Isso ocorreu devido ao resultado acima do esperado para a safra de arábica de Minas Gerais e de São Paulo, que inclusive compensou dados abaixo da expectativa para o conillon (robusta) em algumas áreas", afirmou o analista de Safras, Gil Barabach, em relatório.

Os produtores colheram até 12 de junho 23 por cento do total previsto, segundo a Safras, em um ritmo mais forte que o verificado na temporada passada, quando 21 por cento da produção havia sido colhida nesta época.

Embora a temporada 13/14 seja a de baixa no ciclo bianual do arábica, que alterna um ano de produção maior com outro de colheita menor, a safra ficará somente 4 por cento abaixo da registrada em 12/13, segundo a consultoria.

A estimativa de produção 2012/13 da Safras foi revisada para cima para 55,2 milhões de sacas, ante 54,4 milhões de sacas na previsão anterior.

As projeções da consultoria mostram números superiores aos do governo, que indicam 48,6 milhões de sacas para 13/14, contra 50,8 milhões em 12/13.

Em relatório em maio, o governo apontou que a diferença de produção entre os anos de alta e baixa bianualidade tem caído devido a utilização da mecanização, aliada às inovações tecnológicas, às exigências do mercado e também pela boa gestão da atividade.

A temporada 13/14 resultará na maior produção para anos de baixa.

Vendas 12/13

A comercialização da safra de café do Brasil 2012/13 (julho/junho) chegou a 87 por cento do total até o dia 31 de maio

"Os trabalhos seguem bem atrasados em relação ao ano passado, quando, em igual período, 95 por cento da safra 2011/12 estava comercializada", afirmou a Safras.

Também há atraso em relação à média dos últimos cinco anos, de 96 por cento para o período, com os preços pouco favoráveis à comercialização.

Em relação ao mês de abril, houve avanço de 4 pontos percentuais na comercialização.

Com isso, já foram comercializadas 48,17 milhões de sacas de 60 quilos, tomando-se por base a estimativa de colheita de 55,2 milhões de sacas.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta