Você está em: Home, Noticias

Notícias

13
JUN
Produção mundial de grãos deve ser recorde, de 2,46 bi de toneladas

Fernanda Pressinott
Valor Econômico

A relação entre oferta e demanda mundial de grãos deve ficar estável no ano-safra 2013/14, depois da situação relativamente tensa em 2012/13, quando houve uma diminuição na oferta de cereais e um aumento de preços, segundo relatório bianual da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

A produção mundial de grãos, incluído o arroz, é estimada pelo órgão da ONU em 2,46 bilhões de toneladas, um volume sem precedentes e 6,5% superior ao ano-safra anterior, principalmente devido ao crescimento na estimativa de produção de trigo e uma forte recuperação na colheita americana de milho. É também provável que haja um aumento na produçao de arroz, embora a redução nos preços possa limitar este crescimento.

Segundo as previsões da FAO, o consumo mundial de grãos deve chegar a 2,40 bilhões de toneladas em 2013/14, 3% maior que no ciclo atual, em grande parte pelo aumento no consumo de milho para alimentação e para a indústria americana.

A utilização de trigo e arroz estará em linha com o crescimento da população, principalmente nos países desenvolvidos, fator que manteria estável o consumo médio de cereias per capta em 153 quilos por ano.

Com isso, os estoques finais no final do ciclo então chegariam a 569 milhões de toneladas, uma recuperação de 11% em relação a safra atual e o maior volume em 12 anos.

O comércio mundial de grãos deve ficar estável, segundo a FAO, em 306 milhões de toneladas. “Uma diminuição no comércio de trigo deve ser compensada pela recuperação das negociações com milho, enquanto pouco deve se alterar o comércio de arroz”, diz a FAO no relatório.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta