Você está em: Home, Noticias

Notícias

16
ABR
Embarques de soja sobem 77% na média diária de abril

Gustavo Bonato
Reuters

Os embarques de soja do Brasil aceleraram na primeira quinzena de abril, crescendo 77 por centro na comparação com a média diária de março, mostraram dados da Secretaria de Comércio Exterior nesta segunda-feira.

A média de embarques nos primeiros 10 dias úteis de abril ficou em 312,4 mil toneladas, contra 176,8 mil toneladas na média de março.

Os embarques de soja no acumulado de dez dias úteis em abril somaram 3,12 milhões de toneladas, contra 3,53 milhões de toneladas em todo o mês de março.

O complexo soja (grão, farelo e óleo) é o principal item da pauta de exportação agrícola do Brasil.

O mês de março teve embarques prejudicados por chuvas, uma vez que os porões dos navios não podem ser abertos em caso de precipitação, para não elevar a umidade da carga.

No porto de Paranaguá, por exemplo, os carregamentos ficaram parados em um total de 310 horas, ou quase 13 dias, ao longo de março.

Especialistas já haviam dito à Reuters, no início de abril, que o mês deveria registrar elevação nos embarques de soja devido à chegada de maiores volumes aos portos em meio à grande demanda internacional.

Os números confirmaram ainda que os exportadores priorizaram a soja em detrimento do milho. A média de embarques do cereal em abril está em 46 mil toneladas por dia, 42 por cento abaixo da média de março, de 80,4 mil toneladas diárias.

As empresas brasileiras do setor de soja esperam exportar um recorde de 38,5 milhões de toneladas no ano safra 2012/13, o que deverá impor um desafio logístico ainda maior aos portos brasileiros de granéis, que operam próximo do limite por não terem tido a capacidade de movimentação ampliada adequadamente nos últimos anos.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta