Você está em: Home, Noticias

Notícias

24
ABR
Começa hoje votação do Código Florestal

 

Começa nesta terça-feira (24), o último embate do novo Código Florestal antes que a proposta vá para as mãos da presidente Dilma Rousseff. Depois de aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado, o projeto volta à Câmara sob a relatoria do deputado Paulo Piau (PMDB-MG). 
 
O texto de Piau começa a ser apreciado hoje e pode ser colocado em votação ainda nesta terça. No entanto, não há consenso sobre o relatório dentro da base aliada, que mostra-se rachada na ligação entre o PT e o PMDB. Ainda na manhã de hoje, a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, faz uma nova reunião com líderes da base aliada e com os ministros do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e da Agricultura, Mendes Ribeiro, com o objetivo de negociar algumas alternativas para o relatório. 
 
O principal ponto de conflito entre os parlamentares está na ausência de regras fixas para a recomposição das APPs - Áreas de Preservação Permanente - que foram desmatadas em beiras de rios. O governo espera que seja mantido o texto do Senado, com a exigência da recomposição das matas ciliares em uma faixa que vai de 15 a 100 metros ao longo das margens de rios e cursos d'água. 
 
Por conta desse assunto, as discussões poderiam se estender e  a votação ficar para amanhã, quarta-feira (25), uma vez que o governo afirma que da maneira como está disposto poderia anistiar os "desmatadores". 
 
Mesmo diante desse quadro de divergências, o líder do governo na Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT-SP), afirma que o partido não tentará adiar a votação da proposta. "Nós não vamos pedir para não votar. Vamos trabalhar para discutir o conteúdo e vamos defender uma posição. A posição é que seja aprovado na Câmara o que foi aprovado no Senado", afirmou Chinaglia.
 
O Notícias Agrícolas acompanha durante todo o dia a movimentação para a apreciação e votação do relatório do deputado Paulo Piau do novo Código Florestal Brasileiro. Acompanhe AO VIVO conosco as mudanças na legislação que podem mudar os rumos do agronegócio brasileiro, com as últimas informações em tempo real. 
 
Fonte: Notícias Agrícolas//Carla Mendes (com informações do G1)

Veja notícias

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa