Você está em: Home, Noticias

Notícias

03
AGO
Será que o clima vai ser bom pro café?

Minas Gerais é o maior produtor de café do Brasil e nos dois últimos anos sentiu os efeitos do clima em sua produção. No ano passado colheu 51,4 milhões de sacas, mas este ano a produção será menor, cerca de 45,6 milhões de sacas de 60 kg, segundo relatório da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, emitido no mês de julho.

A explicação pode vir do modo como o cafezal se comporta, depois nos anos de grande produção, quando a formação de muitos frutos consome muita energia da planta e acaba comprometendo a produtividade da safra seguinte. Neste caso, é importantíssimo que o clima ajude a próxima safra.

A diminuição prevista é de 11,3% com uma redução de 4.1% da área cultivada. A falta de chuva deve ter sido a maior causadora destas perdas no estado. Porém, o fim do inverno e começo da primavera de 2016 foi marcado por chuva abaixo da média em toda a Região Sudeste, o que seria bom para a formação de gemas e consequentemente a floração do cafezal.

A passagem de várias frentes frias pelo Sul e Triangulo Mineiros talvez tenha perturbado a dormência da planta. Ano passado choveu nos dias 16 e 21 de agosto e 01, 18 e 26 de setembro. Pouco para recuperar a umidade do solo, mas talvez o suficiente para deixar o tempo mais nublado e perturbar o período de dormência.

O que será que este inverno nos reserva? Será que a chuva vai chegar na hora certa? Como estará a luminosidade? Você sabia que com uma análise do tempo para 15 dias do estado produtor você pode melhorar sua tomada de decisão dentro do campo e diminuir os impactos das condições previstas para a cultura?
Ana Lúcia Frony de Macêdo
Meteorologista

http://www.agroclimapro.com.br/sera-que-o-clima-vai-ser-bom-para-o-cafe/

Veja notícias

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa