Você está em: Home, Noticias

Notícias

10
MAR
Soja ainda reflete dados do USDA e opera em campo negativo na manhã desta 6ª feira em Chicago

Notícias Agrícolas

As cotações futuras da soja negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram a sessão desta sexta-feira (10) em campo negativo. Às 8h51 (horário de Brasília), as principais posições da oleaginosa testavam quedas de 5 pontos. Novamente, o março/17 perdeu a referência dos US$ 10,00 por bushel e era cotado a US$ 9,95 por bushel. Já o maio/17 trabalhava a US$ 10,06 por bushel.

De acordo com dados das agências internacionais, o mercado ainda sente os reflexos dos números reportados no relatório de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). O boletim foi divulgado nesta quinta-feira.

"O USDA fixando a safra do Brasil em 108 milhões de toneladas estabelece um tom de longo prazo de baixa quando o adicional está indo direto para o corredor de exportação", disse Joe Lardy na CHS Hedging.

Além disso, o departamento aumentou a participação do Brasil nas exportações à medida que reduziu as projeções para os embarques de soja dos EUA. "A maioria das pessoas supôs que o departamento iria aumentar as exportações norte-americanas e, portanto, veríamos uma redução nos estoques finais, mas isso foi na direção oposta", reportou Lardy ao site internacional Agrimoney.com.

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta