Você está em: Home, Noticias

Notícias

24
NOV
Safra brasileira de café 2016/17 deve chegar a 56,1 milhões de sacas

G1 AGRO

Safra de café deve chegar a 5,6 milhões de sacas.  (Foto: Oscar Herculano Jr./EPTV)
Safra de café deve chegar a 5,6 milhões de sacas. (Foto: Oscar Herculano Jr./EPTV)

A produção brasileira de café na safra 2016/17 (julho a junho) foi revisada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para 56,1 milhões de sacas de 60 kg, em comparação com 55,95 milhões de sacas na previsão anterior.

O resultado corresponde a um aumento de 6,7 milhões de sacas em relação ao período anterior 2015/16 (49,4 milhões de sacas), ou 13,6%, segundo o adido do USDA no Brasil.

A produção de arábica está projetada em 45,6 milhões de sacas, um aumento de 4% em comparação com a estimativa anterior, "por causa do rendimento melhor do que o esperado na maioria das áreas de produção".

Em compensação, a produção de robusta (conilon) foi revisada para 10,5 milhões de sacas, uma queda de 13% em relação à estimativa de maio passado, em virtude de "rendimentos inferiores aos esperados, especialmente no Estado do Espírito Santo, que tem sido constante e severamente prejudicado por um déficit no abastecimento de água, por causa das chuvas irregulares desde 2014", relata o adido, em relatório semestral.

Segundo o USDA, a colheita de café no Brasil terminou em outubro. A qualidade global dos grãos arábica melhorou em relação ao ano anterior e o padrão de tamanho dos grãos é normal comparado com as médias históricas. No entanto, "a qualidade dos grãos robusta está significativamente abaixo da média", diz o USDA.

As exportações brasileiras de café em 2016/17 foram revisadas para baixo pelo USDA, para 34,23 milhões de sacas, uma diminuição de 1,31 milhão de sacas ante o período anterior, "refletindo o ritmo dos embarques nos primeiros meses do período".

A estimativa do consumo interno de café para o período 2016/17 permanece inalterada em 20,51 milhões de sacas (19,4 milhões de sacas de café torrado e moído e 1,11 milhão de sacas de café solúvel).

O USDA prevê que ao fim do período 2016/17 o estoque de café no Brasil seja de 4,14 milhões de sacas, 1,42 milhão de sacas a mais ante 2015/16, com dados atualizados relativos às exportações e à produção. O adido relata que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou, em março passado, que o estoque privado de café no País seria de 13,59 milhões de sacas, 5% abaixo do mesmo mês do ano anterior (14,37 milhões de sacas).

Veja notícias

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa

07
JAN

Soja: cuidados na fase de florescimento podem incrementar colheita em 30%

26
NOV

Safras eleva previsão de produção de soja 18/19 do Brasil a recorde de 122,2 mi t