Você está em: Home, Noticias

Notícias

02
JUN
Índia eleva preço mínimo de grãos

Estadão Conteúdo

O governo da Índia elevou nesta quarta-feira, 1º de junho, o preço mínimo do arroz em 4,3%, com o objetivo de sustentar a renda rural e impulsionar a produção. O preço agora está em 1.470 rupias, equivalente a US$ 21, pela saca de 100 quilos, em comparação com 1.410 rupias pagas anteriormente, disse o ministro da Agricultura do país, Radha Mohan Singh. Os preços mínimos da lentilha e das oleaginosas também foram elevados em 425 rupias e 100 rupias, respectivamente.

O programa de compras dos principais alimentos pelo governo visa a manter o fornecimento do mercado e garantir a renda rural. Nas duas últimas temporadas, a Índia sofreu com chuvas e prejuízos nas lavouras, o que impulsionou o preço dos alimentos, especialmente da lentilha.

Em relação às perspectivas neste ano, o ministro acredita que o país deverá ter um crescimento forte, sustentado por um bom regime de chuvas de monção, conforme previsão do departamento meteorológico oficial. "Estamos confiantes de que a produção de grãos irá crescer definitivamente, assim como o crescimento geral do setor será maior, caso as chuvas esperadas se confirmem", disse.

As monções ocorrem entre junho e setembro.No ano-safra encerrado em 31 de março, o crescimento do setor agrícola na índia foi de 1,2%, em comparação com 0,25% na temporada anterior. Ambos resultados foram prejudicados pela estiagem. Com a retomada das chuvas neste ano, a produção de açúcar e arroz deverá ser impulsionada. 

Veja notícias

11
MAR

Brasil vendeu mais soja essa semana

27
FEV

Produção de soja gera renda e melhoria no solo para renovação de canaviais

20
FEV

Milho e soja tem alta na primeira quinzena de fevereiro

19
FEV

Milho: Bolsa brasileira abre a semana com preços em alta