Você está em: Home, Noticias

Notícias

10
MAR
Safra brasileira 2016/2017 de café arábica deve alcançar 51,8 mi de sacas, diz Rabobank

Estadão Conteúdo

O Rabobank apresentou nesta quarta-feira (9/3) suas projeções para a safra brasileira de café na atual e na próxima safra. A expectativa do banco é de que a produção em 2016/2017, que começa em julho, atinja 51,8 milhões de sacas de 60 kg. O número representa um crescimento de 2,6 milhões de sacas na comparação com a safra 2015/2016, projetada pelo banco em 49,2 milhões de sacas, 800 mil sacas abaixo projeção anterior.

O volume de 2016/2017 seria maior, caso secas e pragas não reduzissem a produção de robusta (conilon) no Espírito Santo, afirma o banco. É projetado um recuo de 3,9 milhões de sacas ante o ciclo anterior, para 12,6 milhões de sacas de robusta. A produção do café arábica, em compensação, deve registrar um incremento de 6,5 milhões de sacas, totalizando 39,2 milhões de sacas.

A projeção é inferior às expectativas do mercado, afirma o Rabobank. "É bem provável que as projeções resultem num aumento das nossas estimativas de preços (implicando volatilidade), salvo eventuais depreciações do real", explica o banco. Ao longo do último ano, o real enfraquecido sustentou um aumento das exportações brasileiras, enquanto pressionou a cotação dos contratos no mercado internacional.

A primeira estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sobre a safra brasileira 2016/2017 prevê colheita de 49,13 milhões a 51,94 milhões de sacas (37,74 milhões a 39,87 milhões de sacas de arábica e 11,39 milhões a 12,08 milhões de sacas de conilon), representando crescimento de 13,6% a 20,1% em comparação com a produção de 43,24 milhões de sacas do ciclo anterior.

Veja notícias

05
FEV

Ministra afirma que café será prioridade na agenda do Governo

15
JAN

Qualidade dos cafés brasileiros melhorou, diz pesquisa

07
JAN

Soja: cuidados na fase de florescimento podem incrementar colheita em 30%

26
NOV

Safras eleva previsão de produção de soja 18/19 do Brasil a recorde de 122,2 mi t